domingo, 14 de outubro de 2012

Experiências Matemáticas Dicas: Tabuada

Dica para quando esquecer a tabuada.

Dicas MabCalculo


Tabela Pitagórica


Lembre-se não se deve decorar mas entender como a tabuada é montada.

Tabela Pitagórica (Fonte:http://jarcytania.files.wordpress.com/2012/07/tabuada-tabela_pitagorica_thumb.jpg?w=437&h=484)

Dica de Leitura: O Diabo dos Números


 
Matemática? Aquela montanha de números sem sentido? Aqueles cálculos que não servem para calcular nada? Não, nem pensar. Robert, o menino do pijama azul, fazia parte dessa maioria que acha os números não só mosntruosos, mas também absurdos e inúteis. Um dia, entretanto, ele começa a sonhar com um certo Teplotaxl, um diabo que pinta e borda com a matemática. 




No total, são doze sonhos, e a cada sonho o tal Teplotaxl faz malabarismos tão interessantes que os números simplesmente deixam de ser malditos. Ficam claros para Robert. Claros e diabolicamente divertidos.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

CalcuDoku - 7º ano B



Desafio proposto aos alunos do 7ª ano B.

Exemplo de CalcuDoku com operações de
adição, subtração , multiplicação e divisão

Lousa cheia = professor judiando dos alunos!

CalcuDoku é um jogo que lembra muito o famoso Sudoku, escolha números para colocar em cada um dos espaços vazios e tente fazer com que nenhum deles repita na horizontal e na vertical, completando a conta matemática ilustrada nos quadrados.


 
  
 

 

  

 
Alunos participando da atividade.


Aluno flagrado utilizando aparato tecnológico não permitido na atividade.
Santo Deus! A coisa agora vai ficar séria!



Aplicando as ideias de Lev Vygotsky

 

 
Alunos trabalhando em grupos.

CalcuDoku on-line:


Quem inventou a escola?





A escola foi criada ao longo do tempo por vários povos. Desde a Pré-História, crianças e jovens aprendiam com os mais velhos.

Na Antiguidade, já havia escolas no Egito, na China e na Índia. Mas só no século 12, na Europa, surgiram escolas parecidas com as atuais, para as crianças. E apenas os mais ricos podiam estudar.

A escola pública, acessível a todos, apareceu entre os séculos 18 e 19, na Inglaterra, e depois se espalhou pelo mundo.




Amanda Cristina de Oliveira Reschke – 7º ano B


Iohannis Amos Comenius (1592+78=1670) esse simplório senhor é o pai das nossas escolas. propôs uma “Didactica Magna” que, no seu entender, difere de outras pela sua abrangência. Enquanto outras “artes de ensinar” cuidam desse ou daquele tema, tratando-os de um ou de outro modo, o professor checo procurou estabelecer as bases da escola universal: onde todos aprenderiam tudo.

Iohannis Amos Comenius

Padre José de Anchieta (1534+63=1597) nasceu na  ilha de Tenerife, no arquipélago das Canárias, foi o homem que trouxe a escola para o Brasil.

Padre José de Anchieta

A educação indígena foi interrompida com a chegada dos jesuítas. Os primeiros chegaram ao território brasileiro em março de 1549. Comandados pelo Padre Manoel de Nóbrega, quinze dias após a chegada edificaram a primeira escola elementar brasileira, em Salvador, tendo como mestre o Irmão Vicente Rodrigues, contando apenas 21 anos. Irmão Vicente tornou-se o primeiro professor nos moldes europeus, em terras brasileiras, e durante mais de 50 anos dedicou-se ao ensino e a propagação da fé religiosa.


Amanda Duarte Lina – 7º ano B


O imperador Carlos Magno, que até então era analfabeto, deu grande proteção à cultura e criou uma escola em seu palácio de Aquisgrán.

Carlos Magno

Durante o reinado de Carlos Magno (768+46=814), a Europa experimentou um notável desenvolvimento cultural que se tornou conhecido sob o nome de “Renascimento Carolíngio”.
Incrementando o número de escolas nos mosteiros, conventos e abadias, Carlos Magno criou uma quase obrigatoriedade de fornecer instrução aos leigos por parte de uma Igreja. Estas escolas deveriam ser presididas por um eclesiástico - scholasticus - dependente diretamente do bispo, daí o nome de escolástica dado à doutrina e à prática de ensino assim veiculada.



Softwares Educativos I - Google Earth

Com o software Google Earth é possível visualizar através de imagens de satélite o espaço geográfico do Planeta Terra de forma bem próxima. Além das possibilidades diversas que o programa oferece em termos de recursos tecnológicos, o fato de disponibilizar imagens de diversas localidades do mundo, permite que o professor possa aproveitar o recurso de acordo com o projeto que pretende desenvolver com os alunos. Dessa forma, estudar geografia tornou-se muito prazeroso, pois permite ao aluno se imaginar dentro do mapa ao localizar visualmente sua cidade, seu próprio endereço e até o caminho que faz até a escola.


Sugestões

Em sala de aula, os professores podem iniciar propondo que os alunos troquem por e-mail os mapas com os lugares já localizados e marcados. Assim os alunos poderão ter uma ideia geral da localização de sua casa com relação a outros colegas da turma, qual a distância de um ponto ao outro e o caminho que cada um faz para chegar até a escola.


Outra  ideia é propor aos alunos que  se registrem no Tagzania  para criar uma pagina com seus mapas, separando-os  em categorias e comparando a localização de um mesmo ponto utilizando diferentes serviços e tipos de mapas.




Jogos Educativos na Informática

Crianças que possuem dificuldade de concentração e de aprendizagem, podem ter um resultado muito mais satisfatório quando o método para ensinar são os jogos. Eles estimulam o aluno, o motivam, despertam a curiosidade, proporcionando uma forma de aprender que é prazerosa, de maneira lúdica, bem diferente dos resultados de uma aprendizagem sob “pressão”.

No entanto, boa parte dos professores têm dificuldade em fazer essa inserção em sua proposta pedagógica, por vários motivos, falta de tempo, recursos e etc. Por essa e entre outras razões é que foram propostos trabalhos com Jogos Educativos na Sala de Informática com os alunos do 7º ano B, cuja finalidade foi promover a interdisciplinaridade e principalmente contribuir com o aprendizado do aluno. 


JOGOS DE PORTUGUÊS




Como se escreve?
Teste se você escreve e fala corretamente as palavras mais complicadas da língua portuguesa. http://educarparacrescer.abril.com.br/como-se-escreve/index.shtml

O jogo dos erros de português

Brinque neste jogo e evite 100 erros comuns da língua portuguesa.  http://educarparacrescer.abril.com.br/100-erros/index.shtml

Jogo das palavras 

Um game para você treinar as principais regras de grafia da Língua portuguesa. http://educarparacrescer.abril.com.br/grafia/index.shtml

Mais jogos de português


JOGOS DE MATEMÁTICA






Adicione ou subtraia os números apresentados


Descubra qual é o sinal

Faça cálculos rápidos, senão perde o jogo 

Teste seu talento matemático nesse labirinto de cálculo

Procure fechar os quadrados

Corrida de tartarugas: só avançará se acertar as perguntas feitas pelo urso. Seja a tartaruga vencedora

O desafio é subir a montanha. A cada passo você vai ter uma questão pra resolver. Seja rápido, pois o tempo é curto.

Para vencer basta preencher os quadrados com números de 1 a 9 sem repetí-los na horizontal e vertical

Preencha os quadrados vazios com os monstros ou números que não estejam na mesma linha ou coluna nem mesmo na diagonal

Mostre que é bom de memória e encontre os pares de números iguais, no menor tempo possível 








Importância da Internet

Qual a opinião dos alunos do 7º ano B sobre o tema?


Leonora Maria,  Izabela Grizon


Stefane, Amanda, Ana Carolina, Amanda D.


Karolaine, Thainara, Daniele


Beatriz, Emilly


Lavinia, Thuany, João Gabriel



David, Aaron, Jhony


Larissa Mendes


domingo, 30 de setembro de 2012

Produções de Texto

As habilidades de leitura e escrita, tão importantes para a formação do indivíduo, foram trabalhadas pela Prof. Márcia da Sala de Leitura juntamente com os alunos do 6º ano A e 6º ano B.





sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Projeto Cultura e Currículo - Museu de Paraguaçu Paulista

O Projeto Cultura é Currículo tem como objetivo promover o acesso de professores e alunos da rede pública estadual paulista de ensino a museus, centros, institutos de arte e cultura e a parques, como atividade articulada ao desenvolvimento do currículo.

O Estado de São Paulo oferece uma infinidade de opções culturais à população. Contudo, grande parte dos alunos da escola pública não tem acesso a elas e, muitas vezes, até desconhecem sua existência. 

O Museu e Arquivo Histórico Jornalista José Jorge Junior da cidade de Paraguaçu Paulista recebeu nesta semana a visita dos alunos da Escola Carolina Burali. O museu de Paraguaçu foi contemplado pelo Projeto Cultura é Currículo por ter um dos acervos mais expressivos da região.