terça-feira, 25 de setembro de 2012

Numeração Maia


Thiago Alex Moreira – 8º ano A
Vitor Gustavo Ferrari – 8º ano A
Pedro Prates Oliveira – 8º ano A
Gustavo Henrique Santos – 8º ano A
Paulo Evangelista – 8º ano A
Matheus Ferreira – 8º ano A


No decorrer da história existem relatos de vários sistemas de numeração elaborados pelas grandes civilizações.

Numeração Maia

Os mais conhecidos são egípcios, babilônicos, romano, chinês, o nosso atual sistema denominado decimal ou indo-arábico e dos maias. Este último foi adotado pela civilização pré-colombiana e consiste num sistema de numeração vigesimal, isto é, de base vinte. De acordo com relatos históricos, o sistema é vigesimal porque possui como base a soma dos números de dedos das mãos e dos pés. 

Sistema de Numeração Vigesimal (base 20)

No sistema de numeração Maia, os algarismos são baseados em símbolos. Os símbolos utilizados são o ponto e a barra horizontal, e no caso do zero, uma forma oval parecida com uma concha. A soma de cinco pontos constitui uma barra, dessa forma, se usamos os símbolos maias para escrever o numeral oito, utilizaremos três pontos sobre uma barra horizontal.

Símbolos do Sistema de Numeração Maia

Os números 4, 5 e 20 eram importantes para os Maias, pois eles tinham a ideia de que o 5 formava uma unidade (a mão) e o número 4 estava ligado à soma de quatro unidades de 5, formando uma pessoa (20 dedos).

De acordo com a história, os cálculos maias foram os primeiros a utilizar a simbologia do zero no intuito de demonstrar um valor nulo. Também é atribuído ao sistema de numeração Maia a organização dos números em casas numéricas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário